Aposentadoria por invalidez – Quem tem direito a 25 a mais na aposentadoria por invalidez?

Concedida aos trabalhadores que, por acidente ou enfermidade, não conseguem mais exercer uma atividade laborativa, a aposentadoria por invalidez é uma garantia de renda a esses trabalhadores.

Por suas características, a aposentadoria por invalidez 32 levanta muitos questionamentos, sobretudo naquelas pessoas que estão em tratamento de moléstias graves e não estão conseguindo executar suas atividades cotidianas.

Afinal, tenho direito à aposentadoria por invalidez? O que é preciso para comprovar minha incapacidade para o trabalho e receber o benefício? Se ela for concedida, posso perder essa aposentadoria?

Se você tem se feito todas essas perguntas, fique tranquilo. Preparamos um texto respondendo a esses e outros questionamentos sobre o tema. Confira.

Requisitos para a aposentadoria por invalidez

Antes de dar entrada em sua solicitação, o trabalhador precisa avaliar se preenche tudo o que é solicitado para a aposentadoria por invalidez requisitos.

Por exemplo, para que seu pedido seja contemplado é necessário que o trabalhador tenha cumprido um determinado período mínimo de carência antes de se acidentar ou ficar doente e seja diagnosticado com uma moléstia que o impeça de trabalhar permanentemente.

No entanto, é preciso ficar atento a outros critérios. Se a doença incapacitante for identificada antes desse trabalhador começar a contribuir para a Previdência Social, ele perde o direito a pleitear e receber o benefício.

Quem tem direito a pedir a aposentadoria por invalidez

Uma pergunta muito comum sobre o tema se refere à aposentadoria por invalidez quem tem direitos. Afinal, há quem pense que um simples pé ou perna quebrados, com meses de recuperação podem dar direito a essa aposentadoria.

Para que o trabalhador tenha direito à aposentadoria por invalidez é necessário que ele seja diagnosticado com uma doença que o incapacite de verdade, como a esclerose múltipla, o câncer, a perda de visão ou a AIDS.

A aposentadoria por invalidez 32 é definitiva?

Uma dúvida que costuma aparecer com certa frequência diz respeito à possibilidade de cancelamento desse benefício. Mas, afinal de contas, a aposentadoria por invalidez 32 é definitiva?

A resposta para isso é não. Como se trata de um benefício pago a trabalhadores que não podem mais exercer uma atividade laboral, ele requer a realização de perícias regularmente para que continue vigente.

No entanto, com essa perícia pode ser comprovado que o trabalhador está recuperando da lesão e pode voltar a trabalhar. Caso isso aconteça, a aposentadoria por invalidez é cancelada imediatamente. O mesmo vale para os casos em que o beneficiário morre.

No entanto, quando a pessoa melhora e volta a trabalhar, ela não perde o direito à aposentadoria por invalidez caso esteja exercendo outro trabalho que não seja aquele para o qual ele se aposentou.

Nestas circunstâncias, o dinheiro da aposentadoria por invalidez é pago por alguns meses, depois sendo completamente interrompida. Contudo, ela pode ser solicitada novamente, caso a moléstia retorne e deixe esta pessoa incapaz de trabalhar.

Qual o valor da aposentadoria por invalidez?

A aposentadoria por invalidez valor é paga com base nos maiores salários pagos à Previdência Privada desde julho de 1994, considerando-se para o benefício 80% desses recursos.