Clinicas de recuperação

Como conseguir tratamento do alcoolismo

Post

Muitas famílias brasileiras têm casos de pessoas com problemas de alcoolismo e os danos que esse vício costuma causar no seio familiar, no trabalho e na saúde são devastadores. Há diversos relatos ainda de acidentes que ocorreram por embriaguez ao volante ou brigas nas quais uma das partes (ou todas) estava sob o efeito do álcool.

Por causa de tudo isso, saber como conseguir tratamento do alcoolismo é uma necessidade, inclusive de saúde pública. É muito importante saber onde encontrar esse tratamento, quais são as suas formas e os valores. Vale reforçar que todas as pessoas viciadas em álcool podem se recuperar e retomar o controle da sua própria história.

 

Formas de tratamento para alcoolismo

 

O tratamento para alcoolismo pode ser feito com ou sem internação. Esta é recomendada quando o caso é muito grave e apenas o desejo de se recuperar e a frequência nas reuniões dos Alcoólicos Anônimos (AA) não são suficientes. Em casos assim, é melhor buscar a internação para haver a possibilidade de acompanhamento intensivo da pessoa que tem o vício.

Em contrapartida, o tratamento sem internação também tem muitos adeptos, inclusive indivíduos que conseguiram, de fato, superar a dependência do álcool. Para que o tratamento sem internação dê certo, é preciso:

 

  • Em primeiríssimo lugar, o comprometimento do alcoólatra e o reconhecimento deste sobre a sua condição;
  • A frequência nas reuniões dos Alcoólicos Anônimos e a existência de um padrinho, que é alguém que dá força para esse indivíduo se manter em abstinência e que está disponível nos momentos de perigo;
  • A ajuda da família, que não deve julgar ou culpar o dependente, mas sim dar força para que ele fique longe da bebida.

 

Como diminuir chances de recaída

 

As chances de recaída existem em todo tratamento de dependência química e são ainda maiores para os alcoólatras. Infelizmente, o álcool é uma droga que pode ser encontrada em todos os lugares e o seu consumo é muto incentivado pelas propagandas veiculadas em todo lugar.

Sendo assim, é importante que o alcoólatra tenha acompanhamento psicológico sempre, combinado com a frequência às reuniões do AA. Além disso, esse dependente deve sempre ter em sua mente que não importa há quanto tempo ele está sem beber: ele sempre será um alcoólatra e não pode dar o primeiro gole.

O suporte familiar e de amigos faz muita diferença para diminuir as chances de recaída e isso inclui não beber e nem mencionar bebida na presença dessas pessoas.

 

Alcoolismo tratamento: é preciso internação?

 

Foi dito que o tratamento do alcoolismo pode ser feito com ou sem internação; significando que esta não é a única forma de o dependente de álcool ser ajudado. Contudo, ela passa a ser obrigatória quando os métodos como consultas psicológicas, frequência no AA e ajuda familiar estão sendo insuficientes.

Muitas vezes, o paciente não aceita, em seu íntimo, o vício ou acha que não tem forças para se livrar dele. Nessas circunstâncias, a internação (voluntária ou compulsória) torna-se a medida mais promissora.

Mais artigos como esse em nosso blog.